Rádio 6970

HF-AUTO RÁDIO LIDER FM

BEM VINDOS AO RODELÃO6970

sábado, 24 de março de 2012

RODELÃO6970 INFORMA

Superamos 15 mil acessos









AS MENINAS DO RODELÃO AGRADECEM A TODOS NOSSO MUITO OBRIGADO



                                                             É SÓ FESTA E ALEGRIA


                
                                                valeu gente

NOSSO MUITO OBRIGADO A TODOS OS RADIOAMADORES DO BRASIL E DO MUNDO!!!


RODELÃO6970

sexta-feira, 23 de março de 2012


SUPER ANTENA DE 80 METROS 
 

7J4AAL 5-Element full-size 80-Meter antenna


7J4AAL 5 el em 80 m


Conclusão do Sr.Kan belíssima antena mono-banda para banda de 80 metros com 5 elementos
Um verdadeiro monstro de aço com 60 metros metros de altura e 42 de boom 



VIDEO




TUDO ISSO SÓ AQUI NO RODELÃO6970

RODELÃO6970 TÚNEL DO TEMPO



RODELÃO6970 E O TÚNEL DO TEMPO  








Serviço Internacional da Rádio Nacional do Brasil

Radiobrás

Para quem não sabe, a Radiobrás já teve um serviço internacional em ondas curtas, emitindo em idioma inglês, muito bem captado aqui no Brasil e em vários lugares do mundo na banda de 19 metros.








Trazemos agora dois trechos de identificação da emissora. O primeiro desses áudios é de 26/09/1990 e mostra o seu sinal de intervalo, muito lindo por sinal, baseado na melodia da canção "Luar do Sertão". No mesmo áudio, há a identificação completa e endereço, informados logo no início da emissão.





O áudio seguinte, gravado em 15270 kHz, também mostra a identificação e a informação dos horários e frequências da emissora:





Os áudios foram gravados por Antonio Ribeiro da Motta e estão abertos aos clubes dexistas, às universidades, estudiosos e a todos os apaixonados pelo rádio. Apenas solicitamos àqueles que o copiarem e venham a utilizá-los em trabalhos universitários e meios de comunicação social (Internet, rádio etc.) que dêem os créditos a seus autores da seguinte maneira “gravação de escuta feita por Antonio Ribeiro da Motta, arquivo pertencente ao DX Clube do Brasil”.

RODELÃO6970 INFORMA

HOJE O RODELÃO6970 TEM A HONRA DE PARABENIZA O JOSE MARIA DE ANDRADE SOUZAPY 7JMA DOROTEU DE GARANHUNS






Feliz Aniversário







                Mensagem de seus Amigos






FLORÊNCIO E DOROTEU

                                 WILSON ELEFANTE


                                            MOREIRA 

                                       PAULINHO


 BUBA 


                                             
                                 ANTONIO MACEIÓ   
                        
                                                        Brunet PR7AXA



                                                                     JANILSON 




                                                          PY7BO O MACHO


                                             
                                               RENATO HOLANDA PP7RH  


                                         
                                                ARLINDO TEIXEIRAPY7EB
   
 

                                                 
BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!
Machado de Assis






 RODELÃO6970

RODELÃO6970 INFORMA



Rodelão6970 é Sem Fronteiras 32 países diferentes já visitaram nosso blog!




Última New Visitor 

Brasil 
visitou 53 minutos atrás
Mais Novo País 

Colômbia
Última visita 23 de março de 2012


32 países diferentes já visitaram este site.   Ver todos os

visitantes únicos: Total de 2.015



    

Novos visitantes únicos

Ontem: 37 média de 30 dias: 27Record: 43 a 20 de Fevereiro de 2012 Ver detalhes





Bandeira Visitas Contador

Ontem: 95 média de 30 dias: 112Recorde: 493 em 26 de janeiro, 2012 Ver detalhes





RODELÃO6970


Bom Dia

Sexta-feira 23 Março

A ti agradou livrar a minha alma da cova da corrupção; porque lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados
(Isaías 38: 17).

PERDIDO NAS CATACUMBAS

O exército de Napoleão havia ocupado Roma. Um grupo de oficiais resolveu visitar as catacumbas, subterrâneos que serviam de lugar de sepultamento. Os primeiros cristãos as usavam para se reunirem durante os tempos de perseguição. Onde no passado se ouviam hinos, aqueles homens queriam fazer ressoar sons de bebedeira e divertimento profano.
Um dos oficiais, mais aventureiro que os outros, decidiu explorar as passagens escuras nas quais normalmente ninguém ousava ir sem guia. Ele disse que não temia nem o diabo, pois não acreditava nem em Deus. Apesar das várias advertências, ele prosseguiu e, por fim, percebeu que tinha se perdido no enorme labirinto.
Esse homem havia rejeitado a Deus, mas Deus não o rejeitou. Na manhã seguinte, um grupo de resgate foi enviado à sua procura. Após alguns dias, o encontraram à beira da morte por exaustão.
Sua ousadia resultou em uma doença grave. Mas Deus lhe deu uma boa recuperação e algo mais. O Senhor tocou a consciência daquele homem e o levou aos pés dAquele a quem antes zombava: Jesus Cristo.
Sete anos depois, o oficial foi morto na batalha. Em seus pertences estava uma Bíblia, seu tesouro mais precioso. Um lugar de morte se tornou o lugar do novo nascimento para aquele homem. Como Deus age de maneira extraordinária!

quinta-feira, 22 de março de 2012

RODELÃO6970 TECNOLOGIA



SSB PARTE 2









O que se procura com o processamento de áudio em SSB? (Parte 2) 

Porque se utiliza o termo Hi Fi Audio dentro do radioamadorismo? 
Ao “pé da letra” HI FI é o processamento de áudio que equaciona as freqüências entre 20hz e 20000hz, ou seja, alta fidelidade. 
Nesta modalidade, Hi Fi Audio, trata-se fidelidade, como sendo a capacidade em receber e transmitir sinais de áudio, da forma mais plana possível, que compreendam freqüências entre 50hz e 6050hz, pois dificilmente encontraremos transceptores que operam com um range maior do que o acima do citado.  
Levando-se em conta, que em média, a voz humana é capaz de produzir sons que trazem consigo, freqüências de 5k, 6k, 7k e 8k, as quais são importantes na parte social do dia a dia, e a maior amplitude que temos para trabalhar o áudio, nos transceptores de amador, é de 6000hz, nada mais razoável do que tratarmos como Hi Fi Áudio o nosso maior range de atuação, ou seja, 6k. 
Assim convencionamos a seguinte divisão no que diz respeito à Lo Fi, Mid Fi e Hi Fi Audio.      
                           

  SSB e SSE Estendio





SSB Normal


Banda Passante

Resposta de Frequência
SSB (Esreito)
2 kHz
400 Hz até 2.4 kHz
SSB (Médio)
2.4 kHz
300 Hz até 2.7 kHz
 SSB (Amplo-1)
2.7 kHz
200 Hz até 2.9 kHz
 SSB (Amplo-2)
2.9 kHz
100 Hz até 3.0 kHz

SSB Estendido


Banda Passante

Resposta de Frequência
SSBE (Estreito-1) Lo-Fi
3 kHz
100 Hz até 3.1 kHz
SSBE (Estreito-2) Lo-Fi
3.5 kHz
80 Hz até 3.58 kHz
SSBE (Médio -1) Mid-Fi
4 kHz
50 Hz até 4.05 kHz
SSBE (Médio -2) Mid-Fi
4.5 kHz
50 Hz até 4.55 kHz
SSBE (Amplo-1) Hi-fi
5 kHz
50 Hz até 5.05 kHz
SSBE (Amplo-2) Hi-Fi
6 kHz
50 Hz até 6.05 kHz
 Reparem que há um grande número de opções a serem consideradas.
Como havíamos mencionado anteriormente, podemos processar o áudio em qualquer transceptor de amador.
A escolha do transceptor é importante, pois quanto maior for à banda passante de áudio na TX, maior será a resposta em freqüência. Futuramente veremos que o mesmo se aplica à Recepção.
Contudo o desafio é conseguir resultados diferenciados com qualquer equipamento, principalmente com aqueles menos favorecidos em largura de banda. 
É interessante lembrar que os transceptores que utilizam Digital Signal Processing, respondem de forma diferenciada às freqüências mais baixas da voz, pois praticam a modulação através do Phasing Method e não pelo tradicional Filter Methodhttp://www.doug-smith.net/hifidesign1.htm
 A tabela acima é um excelente exemplo comparativo e certamente o seu transceptor se encaixará em alguns daqueles intervalos. 
Retornando o foco à matéria do ultimo encontro, demonstraremos a seguir a estrutura de um Rack de Áudio.
Alguns equipamentos, como verão a seguir, são opcionais e dentro dos que são necessários, para o trabalho em áudio, encontraremos várias opções no que diz respeito ao custo de aquisição, modelos e versões.  
Montagem de um Rack de Áudio: 
Microfone;
Pré-amplificador de Microfone;
Mixer (opcional);
Equalizador;
Enhancer (opcional)
Compressor;
Processador de Efeito (opcional)
Circuito Atenuador (Step Down Transformer) 
Microfone (Parte 2) 
Na oportunidade anterior observamos a importância da escolha do microfone, suas formas de captação e as respectivas ligações junto ao transceptor de amador para a correta captação das freqüências da voz humana.
Falta-nos observar o ajuste dos microfones, no que diz respeito ao ataque, junto ao transceptor. 
Escolha um microfone que melhor lhe convier. Um microfone que possua uma resposta ampla e com o qual você trabalhará por um bom tempo.
Conecte-o diretamente ao transceptor utilizando uma das formas mencionadas anteriormente e ajuste o ALC para a deflexão ocasional.  
Depois de realizado o procedimento acima, não toque mais no ganho de microfone. Este será o seu parâmetro, seu ponto de partida para no decorrer do processo incluir outras etapas do processamento de áudio. 
O ajuste no ALC somente será realizado, caso seja necessário, com a inclusão de outros módulos de processamento de áudio, os quais podem ou não ter controle de ganho. 
Caso a escolha seja pela utilização de um microfone a condensador o ajuste deverá ser feito com o auxílio de um phanton power, pois necessitamos de uma tensão entre 9 a 48 volts.  
Nas ligações via conector de ACC, muito utilizado em equipamentos ICOM, o ataque e posterior ajuste, devem ser feitos com o auxílio de pré-amplificador de microfone, como veremos a seguir. 
Pré-amplificadores de Microfone. 
Para que se consiga total resposta na captação feita pelos microfones, sejam estes dinâmicos ou a condensador, necessitamos de um pré-amplificador que traduza de forma clara e com profundidade os sons que desejamos levar ao transceptor.
Uma excelente opção são os “pré valvulados” que possuem características de som vivo e brilhante, trazendo consigo o phanton power para o funcionamento dos microfones a condensador. 

                                 
Ajuste com PRÉ-MIC para microfones dinâmicos: 
1º Passo: 
O Ajuste será como o descrito no tópico Microfone (Parte 2), ou seja:
MIC -> Regulando ALC para deflexão ocasional. 
2º Passo: 
MIC DINÂMICO-> PRÉ de MIC -> Entrada e Saída do Pré em 0(zero) db -> ALC Regulado. 
Ajuste com PRÉ-MIC para microfones a condensador: 
Os passos são os mesmos descritos acima, ou seja: 
MIC CONDENSADOR-> PHANTOM POWER -> PRÉ de MIC-> Entrada e Saída do Pré em 0(zero) db -> ALC Regulado. 
Dessa forma, teremos a captação dos sons, por parte do microfone, sem apresentar sinais de áudio distorcidos, pois o nível de ALC não está sendo ultrapassado, haja vista o controle de entrada e saída do pré-amplificador de microfone estar disposto a (0) ZERO db. 
MIXER – Ferramenta Opcional. 
Uma outra opção para a pré-amplificação dos microfones é a utilização dos MIXER, (mesa de som), como forma de pré-amplificação de microfone. Esses equipamentos podem ser utilizados, com um bom grau de aceitação, para tal função, pois possuem resposta para a curva de captação dos microfones profissionais. 
Os MIXER(s) mais recentes trazem algumas características interessantes para o processamento de áudio, como por exemplo: equalizador gráfico, processador de efeito, sistema de Feedback Detection e etc. 
                                                                   
                                                                                           
É interessante lembrar que a coloração proposta pela válvula, na pré-amplificação de microfones, ainda continua sendo um grande diferencial a ser considerado. 
Por outro lado, para aqueles que preferirem condensar, em um só equipamento, o processamento de áudio, as mesas de som MIXER(s) são uma boa opção.
Como veremos mais adiante o MIXER, quando utilizado de forma correta, é uma excelente ferramenta para se realizar gravações de outras estações de amador.  
Equalizador. 
A parte mais importante de todo o processo!
A maioria dos transceptores de amador acusa resposta acentuada entre 200hz e 2600hz. Assim a freqüências abaixo de 150hz e acima de 2700hz não são enfatizadas pelos microfones normais de amador.
Nesse caso a ênfase dada às médias possui uma explicação. São elas que levam maior intelegibilidade ao discurso. 
O que fazer? 
Aproveitando esta resposta acentuada das médias, devemos equacionar estas às outras freqüências essenciais à fala. 
De que forma? 
Em um equipamento comum de amador, com banda passante de 3k, por exemplo, as freqüências médias traduzem clareza, contudo e em alguns casos torna o áudio bastante agudo.
Assim, dentro da característica de cada transceptor, devemos basicamente realizar três etapas na equalização: 
Incrementar as freqüências baixas;
Atenuar as freqüências médias;
Incrementar as freqüências altas. 
Logicamente isso não é uma receita de bolo.
Cada um de nós tem uma característica diferente na voz. Alguns têm a fala um pouco mais carregada nos médios baixos, outros já fazem uso de freqüências mais altas. Por isso na maioria das vezes um microfone não renderá da mesma forma para um ou outro indivíduo. 
O mesmo exemplo pode ser aplicado a uma curva de equalização, ou seja:
A resposta aos agudos pode ser mais enfatizada em uma locução do que em outra. Em contra partida poderemos ter um range maior para se incrementar as freqüências baixas, sem que a característica principal da fala seja alterada.
A claridade, profundidade e transparência, características das freqüências médias altas e altas, nos proporcionam um espaço confortável para a equalização das freqüências médias baixas e baixas.
Face ao exposto chegamos à conclusão de que há espaço dentro de 3000hz para se equacionar o áudio de forma simples e funcional.  
Traduzindo de forma clara: 
Equalização nada mais é do que: Compensar o que falta e atenuar o que sobra, ou seja, buscar o equilíbrio entre as freqüências. 
Mas é importante que tenhamos critérios para tanto e não simplesmente comecemos alterar as freqüências ao acaso. Essa situação é muito importante, pois, à medida que vamos equalizando, a curva de áudio, nosso ouvido perde a referência do som original e quanto mais longo for o processo, mais ficaremos longe do timbre real da fala.
Portanto sempre compare o timbre original da fala com o equalizado em curtos espaços de tempo. 
Muitas são as opções para aquisição de um equalizdor. Trataremos resumidamente de dois tipos específicos: Gráficos e Paramétricos. 
Gráfico: 
Equalizador que divide o espectro de freqüências em frações de oitava. Por exemplo: 
Uma oitava divide o espectro de freqüência em 10 bandas.
32/64/125/250/500/1K/2K/4K/8K/16K.
Dois terços de oitava divide o espectro em 15 bandas.
25/40/63/100/160/250/400/630/1k/1.6k/2.5k/4k/6.3k/10k/16k.
Cada banda é um filtro Peaking, ou seja, não interfere nas bandas vizinhas. 
Paramétrico: 
Bem mais elaborado. Com este podemos escolher a freqüência e a largura de banda, ou seja:
Quanto e de que maneira, determinada freqüência atuará nas freqüências vizinhas.
É o chamado Q.
Em alguns modelos, desse tipo de equalizador, podemos escolher os filtros que irão atuar em determinada banda. 
Divisão das freqüências:
OBS: O valor final de cada intervalo foi arredondado.  
20 hz             40 hz           Sub-Graves
40 hz             80 hz           Graves
80 hz             160 hz         Graves
160 hz           320 hz         Graves Médias
320 hz           640 hz         Médias Baixas
640 hz           1200 hz       Médias
1200 hz         2500 hz       Médias
2500 hz         5000 hz       Médias Altas
5000 hz         10000 hz     Agudos
10000 hz        20000 hz    Super Agudos 
Abaixo um exemplo da resposta de um transceptor a um processo de equalização: 
As curvas de áudio em questão dizem respeito à resposta de um transceptor de amador, modelo       IC 746, primeira versão, equipamento com DSP somente na Recepção, sendo a Transmissão modulada por filtros e não por fase.
A curva azul é a resposta à utilização de um microfone original (PTT) sendo o equipamento atacado via conector frontal de microfone.
A curva vermelha nos mostra a resposta de áudio com a utilização de um microfone dinâmico Le Son, modelo SM 58 P4 e um equalizador Paramétrico, Behringer DSP 1100, com o áudio sendo injetado via conector traseiro ACC.

 A resposta do microfone de mão (PTT), curva azul, começa a se intensificar a partir dos 200hz com queda acentuada após os 2600hz. As freqüências da voz entre 100hz e 250hz não são trabalhadas e o mesmo acontece com as freqüências a partir de 2600hz até 2900hz.
 Em contrapartida, utilizando um microfone dinâmico, conectado através da entrada ACC, com resposta adequada e com o auxílio de um equalizador, as freqüências abaixo dos 200hz crescem de -60db para -35db, dando peso e firmeza à modulação. As freqüências da voz, acima dos 2600hz, aparecem e se estendem ao longo da curva chegando perto dos 2900hz, clareando e dando profundidade ao áudio.
 Esse procedimento torna a modulação cheia e equacionada, preenchendo os espaços e ampliando a banda passante, sem que as características da voz sejam alteradas.
 Até a próxima,

TEMPO